Rotavírus e a gastroenterite
24 de outubro de 2018
Diarreia crônica: sintomas, causas e tratamento
18 de março de 2019

Salmonelose: Gastroenterite causada pela Salmonella

Os sintomas da infecção por salmonella, também conhecida como salmonelose, normalmente são semelhantes a qualquer outra gastroenterite, incluindo vômitos, diarreia forte e febre acima de 38ºC. Por isso, a única forma de saber se os sintomas estão sendo causados pela Salmonella é fazendo um exame laboratorial.

salmonella é um tipo de bactéria que pode ser ingerida através do consumo de alimentos contaminados com fezes de animais, embora os principais alimentos transmissores da Salmonella sejam os de origem animal, como ovo, leite e carne crua, ela também pode estar em produtos agrícolas não processados, como hortaliças e frutas. Por isso é importante lavar bem os alimentos e as mãos antes do preparo e ter certeza de que as carnes estão bem cozidas antes do consumo, para evitar esse tipo de contaminação.

Os principais sintomas da salmonelose são:

  • Febre;
  • Dor de cabeça;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Falta de apetite;
  • Cólicas e diarreia, que pode ter ou não sinais de sangue.

Esses sintomas podem surgir até 10 dias após o consumo do alimento contaminado e costumam permanecer por cerca de 5 a 7 dias, até a completa recuperação do paciente. Eles também podem variar de intensidade de acordo com a quantidade de alimento contaminado ingerido e o nível de contaminação do alimento.

Como confirmar o diagnóstico

A única forma de confirmar se a infecção está sendo causada pela salmonella é fazer um exame de fezes para identificar quais as bactérias estão presentes.

Identificar a bactéria que está causando a gastroenterite ajuda o médico a indicar o tratamento adequado.

Quando ir ao médico

Em geral, a intoxicação causada pela salmonella não precisa de tratamento, mas se os sintomas persistirem por mais de 3 dias, deve-se procurar o médico, pois é possível que a contaminação tenha sido pelas formas graves da doença.

Nestes casos, é fundamental a orientação de um especialista para fechar o diagnóstico e indicar a abordagem terapêutica mais adequada.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.